O que fazer se o meu filho não gosta de estudar?

Todos os pais gostariam que os seus filhos fossem alunos exemplares, que gostassem de estudar e que – é claro! – tirassem sempre notas acima da média. Mas, acontece que nem sempre essas expectativas são uma realidade. Por diversos motivos, algumas crianças e adolescentes sentem dificuldade em aceitar a importância dos estudos, e esse comportamento acaba refletindo-se no boletim escolar.

Os pais devem estar sempre atentos, pois, em alguns casos, o resultado indesejado na escola pode ser reflexo de maus hábitos cultivados em casa. Fazer a tarefa da escola com a televisão ligada, não ter uma rotina diária de estudo ou a falta de boas referências podem contribuir para o desânimo dos estudantes em relação ao universo escolar.

Impor regras relacionadas aos estudos é uma boa maneira de os pais terem controle sobre a rotina escolar das crianças e de acompanharem as dificuldades de seus filhos naquelas matérias que são mais desafiadoras no momento das provas.

Mas, atenção! Nem sempre o resultado indesejado na escola é devido à falta de vontade de estudar ou de descuido dos pais em relação ao assunto. As dificuldades de aprendizagem podem estar disfarçadas e ser interpretadas de maneira equivocada. Por isso, é importante que tanto os pais quanto a escola estejam atentos ao comportamento dos estudantes. Se o seu filho estuda bastante e, mesmo assim, não atinge bons resultados nas avaliações, pode ser que ele apresente alguma dificuldade de aprendizagem, que só pode ser diagnosticada por um especialista.

Fonte: Educar para Crescer